UCDB Dinheiro #49: Fazer coisas boas

Leadnro Tortosa e Michael Franco

Certa vez o doutor da Igreja Católica, Santo Agostinho de Hipona, concebeu a célebre frase: “Não basta fazer coisas boas, é preciso fazê-las bem”. As palavras falam por si, não há muito o que explicar. Porém, podemos contextualizar. No episódio de hoje do UCDB Dinheiro, o professor Leandro Tortosa traz esse pensamento para o mundo das finanças e informação.

Dá pra confiar em todo mundo? Não! Nem em quem é confiável. Em 2017, uma auditoria  externa descobriu que dados do relatório Doing Bussiness, um dos mais importantes da economia do planeta, foram alterados pelo Banco Mundial para favorecer a China.

Nem no Brasil. Recentemente a Revista Piauí publicou uma reportagem revelando a existência de offshores pertencentes ao Ministro da Economia, Paulo Guedes, e ao presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. A princípio a ação não é criminosa, mas pode ser considerada, no mínimo, questionável e curiosa.

–> Offshore é o nome dado às empresas e contas bancárias abertas em territórios onde há menor tributação para fins lícitos. Esses territórios também são popularmente conhecidos como paraísos fiscais.

E eu com isso? É necessário desconfiar sempre. Depende de nós aumentarmos o crivo da credibilidade das informações que recebemos e nos baseamos para tomar nossas decisões. Pois fatos como os citados acendem a luz de alerta de que o cenário pode sempre estar enviesado para favorecer alguém.

Se ligue no que diz o professor Leandro Tortosa: